Google+ Followers

sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Mineirês: Palavras e Expressões de Minas Gerais - Dicionário Mineiro



Há muito tempo venho anotando algumas palavras e expressões que digo no meu dia a dia, ouço na família e dos amigos, ou de alguém falando na rua. São palavras muito presentes na nossa vida, que falamos no meio de qualquer frase, sem pensar ou perceber. Que o mineiro engole as palavras, subtrai letras e sílabas e põe diminutivo em tudo, isso todo mundo já sabe...

Já dizia Guimarães Rosa, "Minas, são muitas. Porém, poucos são aqueles que conhecem as mil faces das Gerais." Nosso estado possui 853 municípios! É muita coisa, é muita gente falando com seu jeito próprio, com seu regionalismo, talvez por isso misturamos tanto. Dizem por aí que encolhemos as palavras para economizar tempo e respiração. Será isso? Não sei.

Existe uma versão de historiadores, afirmando que esse jeito de falar vem da época dos Inconfidentes. Era uma forma de comunicação que eles inventaram para falar em segredo e muito rápido. Passaram a reduzir as palavras para dificultar o entendimento de pessoas infiltradas e espiões, que eram contra a Inconfidência Mineira. Selecionei algumas e quero dividir com vocês, mineiros ou não. Preparem-se para rir muito...



Abrícafaca - Abrir com a faca
Acânho - Ficou encabulado, com vergonha
Acóde eu - Me ajude
Agurinha - Agora mesmo, neste instante
Alííí ou, é pertin - siga por ali, é perto (geralmente é longe prá caramba!)
Alpendre - Pequenas varandas das casas antigas
Amóita - Esconde as coisas,  dar o cano, roubar
Andar no passeio - Caminhar na calçada da rua
Ansdionte - Antes de ontem
Armaria - Ave Maria
Ansiôs dimais - Muito ansioso, apreensivo
Apiar - descer do cavalo, entrar, acabar de chegar (é um convite: "entra, sô, vamu apiá)
Apruma o corpo - Endireitar a postura
Arreda esse trem - Mover um objeto de lugar
Arreda um tiquim prálá - Mover para o lado um pouquinho
Assunga as calça - Levantar as calças
Atazanânu - perturbando, incomodando = Você tá me atazanando as ideias
Babujado - sujo, molhado com babugem/baba de alguém (ou comida), sem lavar
Bão,  mar bão mermo - Bom, mas bom mesmo = Uma coisa muito boa, excelente
Bão pá daná - Bom para danar, bom demais, excelente, ótimo
Barango (a) - Pode ser usado com pessoas, coisas ou lugares: Pessoa que não sabe se vestir, de mau gosto. Objeto cafona. Lugar mal frequentado ou de decoração feia.
Beleléu - Do tempo dos escravos: dizia-se que foi para o beleléu quem morreu, fim
Besta quadrada - Ignorante, muito burro, sonso
Biboca - bimboca, lugar longe e deserto, mal frequentado, subúrbio
Bicudo - Bêbado
Bitela - Grande, gorda, imensa
Blusdifrii - Blusa de frio
Bobajada - Bobeira, besteira
Bololô - Confusão, desarrumação, bagunça, briga
Bóra - lá vamos nós, vamos embora, estou contigo, aceitação, sim
Breguete - variação da expressão "trem" - Pode se usada para qualquer coisa
Bubiça - Bobagem, atrevimento, chacota, gozação, coisa á toa
Bufunfa - Dinheiro, grana
Bunidimais - Bonito demais
Burricido - Aborrecido = pessoa chata, pegajosa
Burriscado - rabiscado, escrever com garrancho e errado
Cacunda - Costas
Cadavó, cadopai, cadatii - Casa da avó, casa do pai, casa da tia
Cadiquim, Cadim - Um pouquinho, um tantinho
Caduzôto - Casa dos outros = Fulano não sai da caduzôto
Café pelando - Café muito quente, de queimar a pele da boca
Cadiquê - Por causa do quê = Por que? Por qual motivo?
Cafungada no cangote - Carinho,  chamego = cheirar a nuca, sentir o perfume
Caisopô - Caixa de isopor, geladeira de isopor
Cambito - perna fina, canela fina igual de passarinho
Capazzz - De jeito nenhum =  não quero, não vou
Cascou fora, Cascanu fora - Saiu correndo, deu no pé, evitou uma situação ruim
Cata-jeca - Ônibus que para muito pelo caminho, para pegar passageiros na estrada
Causdiquê? - Por causa de que? Por que motivo?
Cê besta, trem! - Que isso? Como assim? De jeito nenhum, deixe de ser bobo
Cê dá trabai dimais - Você dá muito trabalho, incomoda, importuna, preocupação
Cê é fii di quem? - Você é filho de quem? = nome dos seus pais
Cê já coisou o trem - Você já fez aquilo, já preparou, já está pronto
Cê mexe com que? Com o que você trabalha, qual a sua atividade profissional?
Cê qui sabi - Você é quem sabe
Cê tá intendenu? - Você está entendendo, compreendeu?
Cê ta jóia - Você está bem, tudo legal, ótimo
Cê tá uma marmota - Ridículo, de mau gosto, com a aparência feia
Cê vai tomábãin agora? - Você vai tomar banho agora?
Cêmês quifaiz? – É você mesmo quem fez?
Cêu contá cêsentichora - Se eu te contar, você assenta e chora = coisa triste, tragédia
Chispa daí - Sai daí depressa, sai fora rápido
Chô pô prô cê, Chô pegá prô cê - Deixe que eu ponho, deixe que eu pegue para você
Chovê issaí - Deixe-me ver isso aí, me mostre
Chucha isso aí e vâmbora - Guarde tudo aí de qualquer jeito e vamos embora
Coitádocê - Coitado de você = pena, dó. Pode ser também desdém, incapaz
Coméquivai? - Como é que eu encontro esse lugar, como chego nesse endereço?
Conrfó fô, eu vô - Conforme for, eu vou = se der, se for possível.
Constipá - Constipar, gripar, resfriar
Córrgu - Córrego, pequeno filete de água
CreinDeuspai - Creio em Deus Pai = desconjuro, sai fora, cruz  credo
Culiado - maquinação, conspiração, trama
Cumê di capitão - Comer uma refeição com as mãos, sem talheres
Cumé qui olha -  Como é que eu faço, como que é, como que toma conta
Cumé qui vai nesstrem? - Como posso ir, como faço para ir nesse lugar
Cumê um trem - Comer alguma coisa, matar a fome
Cuméquicêchama? - Qual o seu nome  = Como é que você se chama
Cumiria - Comidaria, muita comida, fartura
Curuis, Curus e Cruisss - Cruz credo
Dá os trem prusôtrô - Dar as coisas para os outros = doar as coisas
Dá um tapa na orêia - Pescoção, sopapo
Dá umpulim - Dar um pulinho = ir rapidamente a algum lugar
Dar manota - Dar um fora, ato falho, inconveniência, mancada
Deixa de bestage - deixe de bobagem
Denduforno prassá -  Dentro do forno para assar
Dentifrício - Pasta de dente
Dêsbensôi - Deus te abençoe
Dézterceru - 13º salário
Dibasdascoberta - Debaixo das cobertas = preparado para dormir, deitado
Difisdimais - Difícil demais, muito difícil
Dimaidaconta - Demais, muito, exagerado
Dintirim - O dia inteirinho = o tempo todo
Dipindurado - Dependurado, junto, não larga de alguém, sem espaço
Disgramô foi tudo - Coisa ruim, que deu errado, sem solução
Dôcindileite - Docinho de leite
Dôdiestômbagu - Dor de estômago
Doncêé -  De onde você é = Onde nasceu, onde mora, veio de qual cidade
Dum dedo diprosa - Conversar um pouco, contar casos, bater papo
Duvideodó - Descrença, desafio = Duvido, você não é capaz!
Duzôtro - Dos outros, que é de outras pessoas
É divera! - É verdade, é mesmo
É bão também - quando alguém dá uma opinião, uma segunda opção
Ei, mooossu! - Chamando um homem jovem, rapaz
Êita ferro! - Perplexo, abismado, inusitado
Embadapia - Embaixo da pia
Embondo - Engano, desnecessário, embaraço
Empanzinado - Quando comeu muito numa refeição e fica com a barriga estufada.
Encafucado - dentro, embolado, encolhido
Engastaiou - Agarrou, emperrou, estragou
Enchê os zóio - Boniteza,  beleza,  muito apreciado
Espia só procêvê - Olha só isso, veja só = admiração, absurdo
Esquentá a piolhenta - preocupação, aflição, problema, sem paciência
Estovado - pessoa que é um estorvo, chato, incômodo
Evém - está vindo, está chegando ou no início de uma discussão: vai começar!
Façavô - Faça o favor
Fala rapidimais - Fala rápido demais
Faniquito - chilique, ataque de nervos
Fazê os trem prus coco - Fazer de qualquer jeito, mal feito
Fazenuora - Fazer hora, catimba, atrasado, atrapalhando
Ficar de butuca ligada - Prestar atenção, sobressalto, atento ao redor
Ficar injuriado - Ficar desconfiado, com raiva, rancoroso
Fingir de égua - fazer-se de bobo, distraído, que não presta atenção
Fiote de cruzcredo - Esquisito, feio, chato, inconveniente
Friagi - Friagem, no sentido de : sai da friagi, mininu que cê vai constipá!
Furunfar - Ficar de agarramento, relação íntima
Gastura - Inquietação nervosa, aflição, mal estar.
GendeDeus! - Gente de Deus! = Exclamação, espanto
Gentaiada danada - Muitas pessoas, muita gente
Górinhamêsm – Agorinha mesmo
Gosdimais - Gosto demais
Gosdimais di fesjunina - Gosto muito de festa junina
Grado dimais doce - Agrado demais de você = gosto muito de você
Guenta a mão: espere um pouco, já resolvo, já venho
Humrrum ... - sim
HumHum! - não
Incasquetá -  cismar, botar uma ideia na cabeça, pirraça
Intojo - gente enjoada, chata, metida, purgante
Irque! - Nojo, gastura, antipatia por alguém
Iscôdidenti - Escova de dente
Ispia só - Observe, veja, preste atenção
Ispicula pra mim - Especule, procure saber de algo, procure informação
Isso é paia dimais  - nada a ver, sem noção, sem graça, sem valor
Istragô - Estragado = danificado, quebrado, partido
Istribado - Estribado, que tem muito dinheiro, muito rico
Istribuchô - Estrebuchar,  espernear, debater-se
Jiriza - Ojeriza, nojo, nervoso, gastura = Tenho giriza de baratas!
Jacú -  bobo, da roça, ignorante, medroso
Lá prus cafundó - Lugar longe e feio, vilarejo
Lambiscanu - petiscando, tirando um pedacinho da comida, comer pouco
Lasquêra - algo inesperado, dificuldade. Pode ser também coisa boa!
Levar uma tunda - tomar uma surra, apanhar
Lindimais - Bonita, formosa = menina bonita, tarde bonita, planta formosa
Lindura - Boniteza, alguma coisa ou pessoa muito bonita, de boa aparência
Liticador - liquidificador
Lombêra - preguiça, corpo mole, cansaço
Longe prá dedéu - lugar longe demais, mas pode ser uma coisa boa: tava bom prá dedéu!
Longe prá incardí -  mais longe ainda do que longe prá dedéu!
Macete - Truque, dica, atalho, técnica
Marmota, Marmotagem - Brincadeira sem graça, chacota, gozação
Massagá - amassar, amarrotar alguma coisa
Masstomati - Massa de tomate
Matutanu - pensando, raciocinando, cismando
Meidiimei - Meio dia e meia
Menino momento - Menino manhoso, cheio de manha, birrento
Mii dipipoca - Milho de pipoca
Mió qui tá tênu - É o melhor que está tendo = é o que há no momento
Mirmã - Minha irmã
Mocorongo - jacú, bobo, idiota
Módiviola - Moda de viola, cantoria com viola
Mói dicôve  - Mólho de couve - porção de folhas de couve
Mundaréu - Muitas coisas (estou com um mundaréu de coisas para fazer!)
Muntuêra - O mesmo que mundaréu, muitas coisas
Murrinha - Pode ser cheiro ruim ou pessoa chata, manienta, choramingar
Murundu - pequeno morro, cupinzeiro. Monte de coisas, bagunça
Néca de pitibiriba - Nada, nadica
Némermu? - Não é mesmo? No sentido de concordar
Népussivi - Não é possível
Nháca - cheiro ruim impregnado, cecê, coisa podre, encosto, mal olhado
Nigucim - Qualquer coisa pequena, negocinho
Nimim - Em mim = ex.: Não encoste nimim
Nirvusía - ficar nervoso, incomodado, irritado, chatura
Nóóó - Nossa Senhora =  quando alguma coisa deu errada ou espanto
Nuémezzz - Não é mesmo? Afirmação, concordar com alguma coisa
Num credíto nesstrem - Não acredito nisso, incrédulo, descrente
Numtôvênu - Não estou vendo = não achei, não encontrei
Nundô conta - Não consigo, não gosto = Não dou conta
Nunguêntoissu - Isso me irrita, isso me chateia = Não agüento isso
Núúú, ta friidimais - Nossa, está muito frio
Nuuuu - Espanto, susto, dimensão = Nossa, que é isso!
Nuusga!!! - Espanto muito grande, assombro, estupefato
Ô dó -  pode ser: que pena, coitado ou: duvido, desconfio, desafio
Ó quieu falei comcê - Olhe o que eu falei com você, não te disse?
O trem tá  feio - Situação difícil, problema, confusão, barra pesada
Ohsó que trem lindo - Olhe que bonito, veja como eu gosto disso
Óiqui ó - Olhe aqui, olhe! Jeito de mostrar ou chamar a atenção
Ói paíssu - Olhe para isso, admiração = veja só!
Ôncêlávai? - Onde é que você está indo?
Ôncemora? - Onde você mora, qual seu endereço
Oncêtá? - Localização de alguém = onde você está no momento
Ôncôtô? - Onde é que eu estou?
Ôncôvô? - Para onde eu vou?
Ônpass êssôns? - Onde passa esse ônibus?
Ôôô bondade! - Que coisa boa, que ótimo, agradecimento
Ôôô íngua! - pessoa chata, murrinha, chata demais!
Ôôô  trem bão! - Gostei disso, coisa muito boa
Óprôcêvê - Surpresa, admiração, abismar = Olha só para você ver...
Pãnha aí prá mim - Pegue, agache, apanhe isso aí 
Panhá roupa no varal - Pegar a roupa que estava no varal
Para de me azucriná! - Pare de me importunar =  incomodar
Pass pacá, pass padentru = Passe para cá, entre para dentro de casa
Pasté dimiii - Pastel de milho
Pelejânu- batalhando, tentando a todo custo, insistindo 
Peraí só um tiquim - Espere um pouco, já estou indo, um minutinho
Perdicasa - Perto de casa
Perrengue - Doente, triste, cabisbaixo, deprimido
Picá a mula - Ir embora, sair fora
Pingânu di sono - Com muito sono, sonolento
Pititinha - coisa ou pessoa pequenininha, delicada
Pondiôns - Ponto de ônibus, parada de coletivo
Pônditacs - Ponto de Táxi
Pópô umpoquin – pode colocar mais um pouquinho
Pra  dedéu - Demais, muito = longe pra dedéu, caro pra dedéu
Praôn nósvão? - Para onde nós vamos?
Precisfaláconcê - Preciso conversar com você
Prestenção - prestar atenção, fique atento = olhe aqui
Priscischorá? - Precisa de chorar? = repreensão
Proncêvai? - Para onde você vai?
Prosa ruim - Conversa chata, desagradável, desinteressante
Pur causdiquê? - Por causa de que, porque, por qual motivo
Quánahora – quase na hora
Quancêvêm? - Quando é que você vai chegar? A que horas você vem?
Quandéfé - Quando der fé = quando pensa que não, situação inesperada
Quandpêns quinão - Quando pensa que não = situação inesperada
Quânsquicusta - Qual o preço
Quantazóras - Que horas são?
Quantáojôgu - Qual o placar do jogo?
Quascôcaio - Quase que eu caio
Quans ans cê tem? - Qual é a sua idade?
Quáscôcaio - Quase que eu caio!
Quêcêqué? - O que você quer?
Quendéra - Quem me dera, tomara que eu possa
Quentá sol - Aquecer ao sol, tomar um solzinho para espantar o frio
Qui cê tá rumanu? - O que você está arrumando? = o que você está fazendo
Qui diabeisso? - O que é isso, que coisa é essa?
Quidicarne - Quilo de carne
Quinên eu, quinên bobo - Igual à mim, igual a bobo
Quitandas - tipo de comidas para lanches, bolos, biscoitos, pães ou loja de frutas e legumes
Que trem é esse? - O que é isso? Serve para tudo, em qualquer situação...
Rachei os bico - Morri de rir, muito engraçado, ri prá morrer!
Rapa do tacho - filho(a) mais novo(a), caçula
Réda es trem daí - Mova essa coisa para lá, tire isso daí
Reguenguele: frescura, de gosto duvidoso, enfeitado demais.
Reméda ou remedânu - Remedar, imitar, fazer igual
Rídimáidaconta - Ri demais da conta, ri muito, gargalhei
Rilía conzôtro - Antipatia com os outros, implicância
Rôsdoce - Sobremesa arroz doce
Ruditrás - Rua de traz
Sábadànôiti - Sábado à noite
Sápassado - Sábado passado
Sáporcaudiquê? - Sabe por causa de que? Motivo, explicação
Saudadocê - Saudades de você
Sedisetembro - Sete de setembro
Sengraceza - Pouca vergonha, descaramento, falta de graça
Sêsquivêm – sexta que vem
Só um cadim - Relação de tempo, atraso ou  pouca comida ou bebida
Só cê fô - Só vou se você também for
Sol pelano - O sol está muito quente, escaldante
Sossega o facho - fique quieto, se acalme, pare com brincadeiras
Sumiiduai! - Forma de cumprimento: Oi, você está sumido, uai! 
Sunga issaí - Suspende isto aí = levanta isso
Tá com cê - Está com você
Tá com jeito de chuva =  desculpa para sair ou mandar alguém embora
Tá pelanu - Está muito quente, pelando
Tá garrado - Congestionamento de trânsito, acúmulo de trabalho
Tá puraí - é uma resposta vaga = está por aí
Tá taiano meu sangue - Está me irritando, me deixando nervosa
Tá na capa - pessoa ou animal que emagreceu demais, equelético
Tábão intão - Fim de conversa, fim de papo, desligar o telefone
Tadim docê - Coitadinho de você = pena, dó ou então incapacidade
Tamburete - Banquinho de cozinha
Tandicoisa - Tanto de coisa, muitas coisas
Tánimim, tánôcê - Está em mim,  comigo, está em você
Tchauprôcê - Adeus, até logo ou pode ser discordar, negativa
Té parece - Desconfiança de que alguma coisa aconteça 
Tem as mãnha - Tem experiência, sabe as dicas e truques
Tem base? - Pode isso? Não credito!
Tem cabimento? - Pode isso? É possível isso?
Tem gáio não - Sem problemas, sem dificuldades
Tendu um troço - nervoso, apreensivo, irritado
Têve bão - Estava bom, estava ótimo, gostei
Tíssodaí - Tire isso daí
Tira o pé da minha janta - Sai fora, desgrude de mim, desencoste
Tô garrado - usado numa amizade = parceria, conte comigo
Tô lascado - quando as coisas dão errado, situação difícil
Tô marrado no toco - sem saída, sem poder fazer nada, impossibilitado
Tô na rôia - Muito atarefado, cheio de obrigações ou em situação difícil
Tomprocê - Toma para você = entregar, doar
Tôincasa - Estou em casa
Tôquimcíma - Estou aqui em cima
Trapaiado - bagunça, desorganização, sem sentido
Trocinho - coisinha, bonitinho, delicadinho (tom afetuoso)
Trupicar - tropeçar
Tundá - bumbum avantajado
Turrão -  pessoa ranzinza, rabugento, brigão, cabeça dura
Uai - Uai significa nada e tudo ao mesmo tempo: dúvida, resposta, espanto, alegria, susto, concordância, surpresa, confirmação, admiração
Uai, é? Ó... - Espanto, descrença = Olha, é mesmo?
Uai, isfriô, né? - O clima está mais frio
Um monte de trem - muitas coisas
Uzômi - Polícia, delegado, gente de poder
Vacaiado - Avacalhado, desleixado, bagunçado
Vai intorná - Entornar, despejar o conteúdo, derramar, esparramar. 
Varado de fome - Com muita fome, faminto
Vigia prá mim - Cuide, tome conta, olhe
Vô cascá fora - Vou sair depressa = ir embora ou sair de situação
Vô dá nocê - Está me irritando, vou te bater
Vôcomcê - Vou com você
Vôtiligá! -  Eu vou telefonar para você!
Xêg pracá  - Venha pra perto de mim, venha para cá
Xô pô procê - Deixe-me colocar para você
Xô ticontá um negócio - Falar alguma novidade, ponderação, argumentação
Xôvê - Deixe-me ver, dar uma olhada
Zenzivite volts - Duzentos e vinte volts
Zóidacara - Os olhos da cara = alguma coisa muito cara

Uai... E num é que esse trem ficou bondimais?


51 comentários:

  1. Bom dia,que maravilha!!Ate pensei que havia me esquecido de tudo isto..me levou longe,muito bom,nossinhora,bão demais...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha ideia foi exatamente essa: escrever para não esquecer...

      Excluir
    2. Cê isqueceu de "maracutaia"trambique" = Fazer falcatruas

      Excluir
  2. falaprose minina trembom de mais essa talde mineires...amo demais minas gerais!

    ResponderExcluir
  3. vixi maria, esse trêm ficô bão dimais da conta sô, depois ocê coloca ai nessa listinha batuta di bão a palavra: PITITINHA( coisa pequena)lá no prata, nóis fala é assim rssssssssss

    ResponderExcluir
  4. Sou de São Paulo,mas toda minha familia é de Minas.Minha avó fala muito "Cascou fora!".Isso lembra muito ela contando alguns casos.

    ResponderExcluir
  5. Respostas
    1. Uai, so esse site é bão mermo cumapadi

      Excluir
  6. Muito lindo isso!! Sou de Goiás,mais tenho muita admiração por Minas,sem contar q tem alguns dizeres mineiro q são bem parecidos com os goianos

    ResponderExcluir
  7. Ô Sá, cê isqueceu do "tundá". Lembra? (A fofoca comendo solta) - Olha o tundá dela, minina, quê que isso...

    ResponderExcluir
  8. Tem outra também; "Chô pô prô cê". - Deixa eu pôr para você! É, nosso vocabulário é muito rico! kkk

    ResponderExcluir
  9. Márcia Barreto Esteves28 de abril de 2014 08:08

    ola, Sou professora e aqui na escola tem umas professoras mineiras e hoje falaram assim: Filha de requinguela, disse que usa essa expressão em minas, poderia me dizer o que significa?
    Professora Márcia Barreto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi até bom você me falar, tinha esquecido dessa palavra...Conheço como "reguenguele", da região de Itabira, Sabinópolis, Guanhães: que quer dizer frescura, não me toques, de gosto duvidoso, enfeitado demais. Ex.: "Nossa, o bolo de aniversário está cheio de reguenguele!" = rebocado demais, com muita coisa, muita informação junta. Dependendo do contexto, pode ser pejorativo também... Um abraço!

      Excluir
    2. Pessoa mal formada ou mal arrumada. Toda fora de esquadro, feia

      Excluir
    3. requenguela tambem pode ser muito magra

      Excluir
  10. uai que amei demais :)
    adoro a cultura mineira, desde a gastronomia à linguagem

    ana

    ResponderExcluir
  11. Esqueceu de Pincumel (pinga com mel) rsrsrsr

    ResponderExcluir
  12. Um achado isso aqui. E óia que num passei ainda da letra B. Contudo lá não achei a expressão babujá, que se usava muito em Pitangui, anos 50/60 para significar a recusa de se usar uma xícara, por exemplo, na presunção de que alguém já havia usado e, consequentemente, a babujado. Quarqué observação é bem-vinda. Tou no Recanto das Letras, sob o vulgo Brazílio, bem como no Blog Daqui de Pitanguy. Ma´ num vô apiá não. Hora do armoço. abs, Paulo Miranda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem lembrado! Vou acrescentar. Sempre recebo sugestões de palavras e acabo por incluí-las também. Se lembrar de outra, me fale. Obrigado

      Excluir
  13. uai, cê isqueceu da cacunda...= ..( costas)

    ResponderExcluir
  14. Olá, ja encontrei a cacunda...

    ResponderExcluir
  15. muito obrigado ,esse site e otimo

    ResponderExcluir
  16. Mastumate= Extrato de tomate Kkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  17. Muito bom! Aperfeiçoei e reforcei meu Mineirês! brigada!

    ResponderExcluir
  18. Amei! Você está de parabéns. Sou do norte de minas com orgulho! Me lembrei da minha vó dizendo: -- Vai botá as precata no pé,minina! Trem tentado! rsrs "Precata" (chinelo). Acho que não vi essa palavra aí... Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Taísa. Eu lembro de ouvir a palavra precata, mas era aquelas alpargatas de tecido e corda. Quando ficavam velhas, dobrava o calcanhar e pisava como chinelo! Olha essa foto, era tipo isso: http://i.imgur.com/YLDwVNW.jpg

      Excluir
    2. Legal! Pra gente era chinelo mesmo,sabe.... Havaianas,sandálias,alpargatas.... Era tudo "precata"!rs

      Excluir
  19. Muito bom. Porém faltou a CHAULA = PÁ
    Coloca aí que é legal..
    Cheguei em Ms e o cara pediu pra pegar a PÁ, disse que não achei e o mesmo foi lá e me trouxe uma CHAULA. então disse UAI, mais esse trem é uma chaula.. Ele disse esses mineiros são fofa mesmo

    ResponderExcluir
  20. Nossinhora....parece inte quitoveno minha tia! Rsrsrsrsrs

    ResponderExcluir
  21. Margô minha fia di Deusu, queru falá procê qui gostei dimais da conta dessa sua cartia, minina! U treim pra nóis é dessi jeitim memo, uai! Num é quiocê iscrivinhô iguali nóis fala, sô! Nóis é di Carangola i mora qui nu Rii di janeru, mais nós num cariocô dejeitu manera. Nóis teim é munta sodadi da nossa terra, uai! Bração procê, viu!

    ResponderExcluir
  22. É assim mess qui nois fala uai ! Ficou foi bao demais da conta.

    ResponderExcluir
  23. Pior que falamos e nem prestamo atenção nas coisa errada kkkkkk minero e assim memo fala tudo errado

    ResponderExcluir
  24. Que maravilha ter chegado aqui! Ri muito e me trouxe também belas lembranças.
    Ótima iniciativa!
    Meus pais são de Abaeté (...) e passei três anos de minha adolescência em Minas Gerais!
    Lembrei-me de algumas expressões, mas vou sugerir uma que se usa muito em Abaeté e é empregada de forma bem peculiar: Bsurdo, que seria Absurdamente.
    Alguns exemplos: Esse trem é caro bsudo/ bsurdo de caro. Isso é perigoso bsurdo. Aquele cavalo é rápido bsurdo.

    Um abraço prô cês!

    Braziliense de nascimento e mineiro de coração!
    (... quem a conhece não esquece jamais, ó Minas Gerais)

    ResponderExcluir
  25. ficou muito bão mermo

    ResponderExcluir
  26. uai mas esse trem ta bom de mais sô! menina isso ta lindimais! cêmês que fez?

    ResponderExcluir
  27. Faltou pópôopó pópô kkkk que quer dizer posso colocar o pó de cafe,pode por

    ResponderExcluir
  28. Amei dimaisdaconta! E, possabê...fartô!

    ResponderExcluir
  29. Muito bom este site,é pura diversão não sou mineiro, mas a minha esposa é e fala muitas das expressões aqui descritas, valeu!!!

    ResponderExcluir
  30. Minha vó sempre falava: "Toma intento minina!"

    ResponderExcluir
  31. Bão por demais tudo isso sou mineira e moro em são Paulo, ainda hoje liguei para minha e perguntei da minha irmã mais velha e ela disse. Lina que e minha irmã mais velha, não tem um pingo de ricicino, espinica toda a aposentadoria depois fica pedindo um tiquim de sabão ate para lavar os trem...

    ResponderExcluir
  32. Eu fiquei sabendo que a expressão "de boas" é mineira, isso é verdade?

    ResponderExcluir
  33. Olá, Margô! Gostei demais do dicionário de mineires e fazia mesmo falta, ter um compendio com nossas falas! Gostaria de lembrar mais algumas palavras: PIRIRI (diarréia), QUEBRANTI (quebranto), TITICA (fezes de galinha, pato e passarinho), COÇA (surra). E as expressões: "tö com as perna doce"(estou com as pernas cansadas de tanto andar), "o assoalho tá um brinco"( o piso está brilhando). Ainda as expressões "espinhela caída e ventre virado" (sintomas de mal estar espiritual, quando a pessoa tem sua energia baixa por quebranto e mal olhado).
    Espero que minhas lembranças colaborem com sua pesquisa. Abraços mineiros!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelas sugestões, Beth! Esse mineitês é complexo demais, sempre falta alguma coisa... Um abraço

      Excluir
  34. Muito bom, onde encontro para download ?

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário: