03/01/2022

Cocadinha de Forno super fácil



Sabe quando você quer comer uma coisa gostosa, mas não tem ideia ou não sabe o que? Essa cocadinha é simplesmente uma delícia, facílima de fazer e rápida para comer!

Ingredientes:
1 pacote de coco ralado seco 100 grs.
1 vidro de leite de coco, 200ml
1 lata de leite condensado
2 colheres de açúcar (opcional, se quiser mais docinho)
3 ovos inteiros e grandes
1 colher de chá de farinha de trigo
1 colher de sopa de manteiga derretida
½ xícara de leite integral
½ colher de café de fermento

Antes de começar, hidrate o coco no leite integral, espere “inchar” por uns 5 minutos e depois despeje no copo do liquidificador. Junte os outros ingredientes e bata ligeiramente. A massa é bem líquida, não se assuste. É assim mesmo. Por isso não pode ser assada em forno alto, porque a massa vai ficar crua no meio.

Despejar em uma 1 assadeira untada com manteiga, de 30cm a 40cm. Assar em forno médio, 180ºC.



Calda para depois de assada (opcional):

Eu gosto dessa calda na cocada porque é um "arremate", fica bem molhadinha. Adoro! Misture ½ vidro de leite de coco (ou leite integral) com ½ lata de leite condensado. Faça furinhos com um garfo e despeje sobre a cocada ainda quente.

01/01/2022

Arroz de Forno de Bacalhau

       Fotos: Fabiano Battaglin

Aprenda a preparar arroz de forno de bacalhau. Receita leva um molho branco prático, feito com manteiga, farinha de trigo, leite, sal e noz-moscada. O bacalhau e o arroz são envolvidos nesse molho e levado ao forno para gratinar com queijo parmesão.. A cozinheira Kel Rubin ensina como fazer o prato, que é muito simples de preparar em casa, e pode ser uma opção econômica para o almoço de Páscoa ou para as ceias de fim de ano. Confira a receita:

Ingredientes 

4 colheres de sopa ou 50 gramas de manteiga
4 colheres de sopa ou 35 gramas de farinha de trigo
1 litro de leite
Sal a gosto
Noz-moscada a gosto
1 xícara de chá de azeite
3 cebolas médias cortadas em tiras
Sal a gosto
1 colher de sopa de alho picado
2 xícaras de chá ou 400 gramas de bacalhau dessalgado, cozido e desfiado
Meia xícara de chá ou 75 gramas de azeitona verde sem caroço picada
3 xícaras de chá de arroz cozido ou 1 xícara de chá e um quarto de arroz cru
Cheiro-verde picado a gosto, salsinha e cebolinha
220 gramas ou 1 copo de requeijão cremoso
Sal e pimenta-do-reino moída a gosto
1 xícara de chá ou 100 gramas de queijo parmesão
1 pacote de batata palha

Modo de Preparo 

1. Derreta a manteiga em uma panela em fogo médio, coloque a farinha de trigo e mexa com o batedor de arame por 1 minuto ou até engrossar um pouco.
2. Vá despejando o leite aos poucos sem parar de mexer.
3. Tempere com sal, noz-moscada e cozinhe por 8 minutos mexendo de vez em quando.
4. Apague o fogo e reserve o molho branco.



5. Em outra panela aquecida em fogo médio com azeite, coloque a cebola, sal e deixe murchar por mais ou menos 10 minutos.
6. Adicione o alho, refogue por 1 minuto, acrescente o bacalhau desfiado, a azeitona e misture.



7. Incorpore o arroz cozido e o cheiro-verde. Leve ao forno até gratinar, cubra depois com batata palha. Sirva em seguida.

Fonte: https://receitas.globo.com/arroz-de-forno-de-bacalhau

05/12/2021

Camarão Internacional "daquele" restaurante famoso



Para quem já comeu, sabe a delícia que é esse prato "daquele restaurante famoso", que tem filiais no Brasil inteiro (não posso dizer o nome, CB...) Para quem não provou ainda, não sabe o que está perdendo. Aprenda aqui essa receita maravilhosa e tenha a certeza que vai fazer muito sucesso!

Para começar, faça 2 xícaras de arroz do jeito normal e reserve.

Limpe e tempere 400 a 500 grs. de camarão. Deixe descansar no tempero por 15 minutos. Refogue no azeite, virando sempre até ficar rosado. Desligue o fogo e reserve.

Agora vamos fazer o creme:

Coloque numa panela:
2 colheres de sopa de azeite
1 colher de manteiga
½ cebola picadinha
3 dentes de alho picados 
Refogue e adicione nesse creme 150 grs. de presunto picado fininho, 150 grs. de ervilha congelada, depois 1 caixinha lata de creme de leite e 200 grs. de requeijão cremoso ou  Catupiri. Misture e coloque ½ vidro de leite de coco, 1 colher de sopa de parmesão de boa qualidade, 100 gr de muçarela. Despeje o camarão já cozido e prove o sal. Para finalizar, 1 pitada de noz moscada, 1 pitada de chimichurri e 1 pitadinha de alecrim. Com o creme pronto, coloque o arroz, dê uma leve misturada e desligue o fogo.
 


Transfira para uma travessa, nivele o arroz e por cima coloque mais 100 grs de muçarela picada e um punhado de parmesão. Leve para gratinar por 15 a 20 minutos. Retirar do forno e colocar batata palha. Servir quente.




04/12/2021

Pão dos Imigrantes


Minas Gerais recebeu os imigrantes italianos no séc. XIX, destinados às fazendas do sul de Minas, para lidarem com a lavoura. Ao contrário do que sucedeu no resto do País, onde predominou o imigrante miserável e analfabeto, o italiano que chegava em MG era melhor instruído e mais rico. O italiano permanecia alguns anos no campo e depois migrava para os centros urbanos, como Belo Horizonte e Juiz de Fora, em busca de melhores condições. (Fonte: IBGE).

Dentre outras iguarias adotadas nas cozinhas mineiras, molhos e massas, os pães ganharam destaque. Veja a receita deste Pão dos Imigrantes:

Massa
50 g de fermento biológico
1 colher (chá) de açúcar
1 copo de leite ou água morna
1 colher (sopa) de margarina
sal e farinha (o quanto baste)

Recheio
4 tomates cortados em fatias finas
100 g de presunto fatiado fino
100 g de mussarela picada
100 g de peperoni fatiado

Modo de Fazer:
Para o preparo da massa, ponha o fermento com o leite morno (ou a água) e o açúcar para crescer numa vasilha coberta. Crescido o fermento, acrescente o resto dos ingredientes, amasse e vá adicionando farinha até a massa despregar da mão. Deixe crescer um pouco.


                              

Para o recheio, tempere os tomates com o azeite de oliva, o sal, o orégano e um pouco de vinagre.
Divida a massa em 3 pedaços. Abrir com rolo os pedaços da massa e espalhe, em cada um deles, um pouco dos tomates temperados, uma camada de presunto, peperoni e outra de mussarela. Enrole os pedaços de massa como um rocambole. Pincele-os de gema e margarina e asse em forno quente. Quando for servir, fatiar e de regar com azeite.

                              
                                   Fotos: Steven Valenti

15/06/2021

Como congelar fermento biológico fresco

    
O fermento fresco não dura muito. Se você não estiver usando diariamente, a maior parte do pacote que você compra vai para o lixo. E se você pudesse congelar o fermento fresco?

Você compra um pacote de fermento, usa uma parte na receita e coloca o restante na geladeira.  Então, o resto fica com uma aparência esquisita de marrom acinzentado e estraga dentro de uma semana. É um desperdício, não é?

É por isso que decidi testar o congelamento das sobras de fermento fresco.  E sabemos que essas “sobras” dariam para fazer em um outro dia mais pães, roscas e biscoitos.

Por isso fiz algumas pesquisas antes de postar no blog, para ter certeza que dá certo. Basicamente, quero saber se ao juntar os ingredientes, a receita  não vai parar no lixo devido ao fermento não está bom. E deu super certo, fiz massa de pizza hoje com fermento que foi congelado e ficou ótima! Sim, isso é possível!

Então vamos lá:

Para congelar o fermento fresco, pense em como vai usar o fermento após o descongelamento, para saber o tamanho e quantidade  certa que cada pacotinho deva ter para as porções. Eu coloquei mais ou menos uma colher de sopa, que dá umas 15 gramas. É a quantidade mínima para massa de pizza, por exemplo. Então se for fazer uma quantidade maior de massa de pizza, rosca ou pão, descongele 2 pacotinhos. O importante é separar pedaços do mesmo tamanho.

Aqui está o que você deve fazer:


1 - Desembrulhe o pacote e divida em porções.

2 - Embrulhe cada pedaço em papel alumínio ou filme plástico. Certifique-se de que estão bem embrulhados, para que o fermento não resseque.

3 - Coloque todas as fatias embrulhadas em um saco para freezer ou recipiente hermético. Se estiver usando um saco, esprema o ar antes de lacrá-lo.

4 – Depois é só guardar no freezer.

Como descongelar o fermento

Para obter resultados consistentes, você deve sempre descongelar o fermento fresco da mesma maneira. Tive sucesso com o seguinte método:

Descongele a porção na geladeira por cerca de 12 horas. Isso é tempo suficiente para o segmento descongelar totalmente. Normalmente coloco o pedaço de fermento na porta geladeira na noite anterior, tirando do freezer e passando para baixo.

Retire da geladeira e deixe em temperatura ambiente por 30 minutos. 

Agora o fermento está pronto para ser usado em qualquer receita que você precisar.

Um dica: Se você esqueceu de descongelar o pedaço ontem e precisa dele agora, você pode tentar esfarelá-lo em um prato. Vai descongelar rapidinho!

Conclusão: congelar fermento fresco funciona muito bem e é uma boa opção se você quiser armazená-lo por um longo prazo. Você pode deixá-lo lá por pelo menos 3 meses. Espero ter ajudado.

Adptado Marcin Skrzypiec

 

20/03/2021

Bolo Gelado de Abacaxi


Fonte: Menu do Chef

Esse aqui é um tipo de abacaxi que todo mundo gostaria de descascar! Bolo gelado de abacaxi é uma deliciosa receita que vai refrescar todo mundo numa tarde gostosa de verão... Por levar a fruta em pedaços na massa, o bolo fica úmido e é ideal para comer gelado acompanhado de uma boa xícara de café.

Ingredientes

2 xícaras (chá) de açúcar refinado
150g de manteiga sem sal em temperatura ambiente
2 1/4 xícaras (chá) de farinha de trigo
2 ovos em temperatura ambiente
1 colher (chá) de fermento em pó
50mL de leite integral
150mL de leite de coco
1/2 abacaxi pérola em cubos pequenos
100g de coco ralado úmido

Modo de Preparo

1 - Ligue o forno para pré aquecer a 180C, unte uma forma retangular de 30cm de comprimento com manteiga, salpique farinha de trigo, remova o excesso e reserve.

2 - Na tigela da batedeira, junte a manteiga, o açúcar e bata até obter um creme fofo e esbranquiçado. Nesta etapa, adicione os ovos, um a um, e previamente batidos e os incorpore.

3 - Junte a farinha de trigo e alterne a adição com o leite e leite de coco. Quando a massa estiver bem lisa e homogênea, acrescente metade do coco ralado, os abacaxis em cubinhos, o fermento e misture bem

4 - Vire a massa sobre a forma e leve para assar por, aproximadamente, 50 minutos ou até que a massa passe pelo teste do palito.

5 - Quando o bolo estiver morno, cubra-o com papel alumínio e leve à geladeira por 2 horas. Sirva a seguir.

PS.: Bolos de método cremoso não devem ser retirados da geladeira na hora em que se pretende degustá-los. Contudo, por conter fruta que solta bastante líquido na massa, eu prefiro comer esse bolo geladinho, pois ele lembra muito um bolo toalha felpuda.

06/01/2021

Pãozinho Lua de Mel recheado de doce de leite

compartilhado de Vitor Correa

 
Gente, me deu água na boca só de olhar esses pãezinhos recheados. Que coisa mais maravilhosa! Já vou par cozinha fazer essa receita

Ingredientes para a Massa:
125 ml. leite morno
3 ovos
25g manteiga sem sal
5 colheres (sopa) açúcar
1 pitada sal
10g fermento biológico seco
500g farinha de trigo
2 colheres (sopa) fécula de batata

Para o Recheio
250g doce de leite

Para a Calda
200 ml de leite
100 ml de leite de coco
1/2 xíc (chá) de açúcar
Coco ralado para polvilhar

Modo de Preparo

Da Massa
1- Numa tigela, coloque a farinha de trigo, abra uma cavidade no centro, deposite o fermento, verta metade do leite, faça um mingau e cubra a mistura com a farinha da lateral da tigela. Quando um racho se formar na superfície, adicione o açúcar, o sal, a manteiga, a fécula de batata os ovos o restante do leite e sove a massa por 10 minutos.
2- Modele pequenas bolas e deposite-as numa assadeira deixando espaço entre elas. Cubra com um pano limpo e deixe crescer. Quando dobrarem de volume, asse em forno pré aquecido a 180C por 12 minutos ou ate que estejam douradas. Reserve.

Para a Calda
1- Numa panela, deposite o leite, o leite de coco, o açúcar e leve ao fogo até reduzir e ficar levemente encorpado. Espere esfriar e inicie a montagem.
2- Faça uma pequena cavidade em cada um dos pãezinhos e recheie com o doce de leite. Feito isso, mergulhe os pães na calda e envolva com o coco ralado. Sirva a seguir.