sábado, 28 de março de 2015

Torta de Frango com Catupiry feita com massa pronta Arosa


Fiz agora para o lanche da tarde de sábado essa Torta de Frango e catupiry, com a massa folhada Arosa (já vem pronta!). Mais fácil, impossível!


É muito simples. Comprei 1 embalagem de 400 grs. no supermercado, abri com um rolo do jeitinho que explica na embalagem, deixando a massa fina e na medida 30 x 40 cm.  Dividi a massa em duas partes, para fazer em uma assadeira que mede 18 x 28 cm. Essa massa deu certinho no tamanho da assadeira e não sobrou nada!


Unte a assadeira com manteiga e forre com uma metade. Coloque o recheio de sua preferência: bacalhau, frango com catupiry, camarão, etc. Cubra com a outra metade, pincele gema de ovo para dourar e leve para assar por 35 minutos, mais ou menos, em temperatura média. Uma boa dica: depois de assada, deixe mais 10 minutos dentro do forno desligado, para ficar bem crocante! 


Na hora de servir, polvilhei com parmesão ralado na hora. Hummm, ficou deliciosa!

quinta-feira, 19 de março de 2015

Bolinhos de Omelete Coloridos



Se você deseja um delicioso lanche reforçado, que mata aquela fome, faça estes variados omeletes! O resultado é um "bolinho omelete" bem charmoso e o melhor: muito gostosos!

Ingredientes:
8 ovos
3 colheres de sopa de leite
sal e pimenta a gosto
1 colher de chá de manteiga
1 e 1/2 xícara de queijo ralado de sua preferência: cheddar, provolone, muçarela, etc.
1 xícara de bacon picado e frito
1 linguiça calabresa picada e frita
1/2 pimentão vermelho, 1/2 pimentão amarelo ou verde, picadinhos
Cheiro verde picado, à gosto
1 pitada de Fondor (tempero em pó para frangos e peixes)
Queijo parmesão ralado, à gosto para cobrir.
12 tomatinhos cereja para decorar.


Modo de Fazer:
Bata os ovos e misturado com 3 colheres de sopa de leite, em seguida, adicione sal e pimenta do reino a gosto. Unte com manteiga a assadeira com cavidades. Coloque em cada buraco os ingredientes de sua preferência. 



Por exemplo, você pode colocar cogumelos, azeitonas, queijo, bacon, calabresa, pimentão, cebolinhas e o que quiser. Depois de colocar os ingredientes picados em cada buraco, despeje os ovos batidos, preenchendo cada um. Fica uma delícia também se para terminar, salpicar queijo parmesão ralado. Hummm... Asse a 180 graus forno pré-aquecido por aproximadamente por 20 minutos, até na cor dourada será ligeiramente crocante. Espere um pouco para esfriar a forma, retire e decore com os tomatinhos e então sirva.


Receita da Sylvia adaptada

sábado, 14 de março de 2015

Escondidinho de Bacalhau

       Foto: setelagoas.com.br

Você não vai resistir a esse Escondidinho de Bacalhau com um purê de batata cremoso, com bacalhau lascado e com gostinho de feito em casa!

Ingredientes para 1 pessoa:
3 ovos de codorna
250g de lascas de bacalhau do Porto
20 ml de azeite extravirgem
4 azeitonas verdes
1/2 pimentão vermelho em tiras
Salsinha a gosto
Deixe as lascas de bacalhau de molho em água fria por três horas, para dessalgar. Escorra as lascas de bacalhau espremendo para tirar o excesso de água refogue no azeite extravirgem. Junte salsinha e a azeitona verde

Purê:
2 batatas grandes
500 ml de leite
1 colher (de chá) de manteiga
Cozinhe as batatas com na água e sal. Amasse as batatas acrescente o leite e a manteiga e bata bem com uma colher de pau. Acerte o sal.

Montagem:
Em uma vasilha tipo cuia, coloque o bacalhau temperado, cubra com um purê de batatas, salpique com pedaços de azeitonas verdes e salsinha. Decore com tiras pimentão vermelho e com três ovos de codorna.
Receita por: Bar do Magrão

sexta-feira, 13 de março de 2015

Coxinha de Churros ou Coxurros



O site Catraca Livre colocou em sua página um vídeo da Confissões de uma Doceira Amadora, que ensina a fazer Coxinha de Churros ou Coxurros. É uma ideia maravilhosa e prática, muito mais fácil de fazer do que o tradicional churros, para quem não tem aquele aparelhinho de fazer os tubos de massa.

"Coxinha é uma das comidas mais amadas do Brasil. Que tal fazer uma versão doce? Mas calma, de coxinha só tem o nome. É uma massa de churros, recheada com doce de leite e frita. Toda a beleza de uma coxinha com todo o gosto maravilhoso do churros. Assista o vídeo para aprender a fazer essa maravilha:
video

segunda-feira, 9 de março de 2015

Biscoito Fofão das Marias



Receita do curso de Quitandas, do Senac

Ingredientes:
500g de polvilho
90ml de gordura vegetal hidrogenada
80ml de água
1 colher (sopa) rasa de sal
100g de fubá de canjica
12 ovos

Modo de fazer:

Misture os ingredientes secos e escalde com a gordura hidrogenada bem quente. Esfarele, misturando bem, até esfriar. Acrescente a água fervente e coloque os ovos um a um até dar o ponto de espremer em saco de confeiteiro. Com o saco de confeitar, modele os biscoitos do modo que desejar e coloque-os em tabuleiros untados. Asse os biscoitos em forno pré-aquecido, por aproximadamente 15 minutos.

Não coloque os biscoitos muito próximos, pois eles crescem bastante. Na falta de gordura hidrogenada, pode substituí-la por óleo de soja.


PARA ENTENDER MELHOR: Fubá de canjica – Praticamente desconhecido fora de Minas e Goiás, ele é extraído de milho duro e seco, resultando num pó muito fino e rico em amido. O que o distingue do fubá mimoso é o tipo de moinho usado para produzi-lo. Tradicionalmente, o processo era feito da seguinte forma: o milho era deixado para secar no próprio pé, o que resultava num fubá saboroso e adocicado; depois os grãos debulhados passavam pelo monjolo para que fossem eliminados o gérmen e a película. A parte mais dura do milho era triturada em moinho de pedra, também movido à água (como o monjolo) que, num processo demorado, transformava o milho num pó de granulação finíssima. Hoje a maioria é feita em moinho de pedra elétrico.


sexta-feira, 6 de março de 2015

Afogado de Brigadeiro


Experimente essa versão do Afogado, uma sobremesa feita com sorvete e brigadeiro!
(Receita do Restaurante Zeffiro, SP)

Ingredientes:
1 leite condensado
3 colheres (sopa) de chocolate em pó
Leite (o quanto baste)
250 g de chocolate meio amargo
125 g de creme de leite
50 g de manteiga
Bolas de sorvete de creme
Chocolate granulado a gosto

MODO DE PREPARO

​Para o brigadeiro:
Leve o leite condensado, o chocolate em pó e um pouco de leite para uma panela. Cozinhe em fogo brando, mexendo sempre, até alcançar o ponto de brigadeiro mole (antes do ponto de enrolar, como uma musse mais resistente). Reserve.

Para o ganache:
Pique 250 gr de chocolate meio amargo e reserve. Leve ao fogo o creme de leite e ao ferver jogue o chocolate picado. Acrescente a manteiga após o chocolate dissolver. Misture bem, deixe cozinhar até o ganache ficar um creme bem lisinho. Retire do fogo e deixe esfriar.

Para a montagem:
Numa taça transparente coloque 2 colheres de sopa do brigadeiro. Sobre ele uma bola de sorvete e por cima a calda de ganache a gosto. Enfeite com chocolate granulado e um morango.

quinta-feira, 5 de março de 2015

Já ouviram falar no Chico Doceiro, de Tiradentes?


Visitar Tiradentes e não visitar o Chico Doceiro é como ir a Roma e não ver o Papa! Seu Chico, como o apelido menciona, é dono de uma loja de doces na cidade histórica. Doces esses, é bom que fique claro, dos mais simples: brigadeiro, cocada, cajuzinho, canudinho, de banana, de leite, de goiaba, de abóbora, e por aí vai. Nada de doce metido a besta. Só aqueles que nos acompanham desde a infância e que nos enchem de boas recordações. É a  melhor doçura de Tiradentes, sem dúvidas! 


A loja também é simples: uma quitandinha escondida nos arredores do centro histórico de Tiradentes, numa garagem improvisada com algumas mesinhas, um balcão, uma vitrine, uma geladeira e só. Os doces, deliciosos, são acomodados em pratinhos de papelão cobertos com plásticos e embrulhados com papel cinza. Um lugar a moda antiga, onde ainda se amarra os embrulhos com barbante.


Seu Chico é daqueles mineiros que bastam um fio de conversa para ele fazer conhecer toda sua vida. Ele faz doces há cinquenta anos. No início, fazia apenas canudinho recheado com doce de leite e por encomenda.  Teve sorte: a primeira massa de canudinho que fez deu certo. Naquele tempo, abria a massa com uma garrafa. Hoje, há máquinas para fazer isso.

      Foto: Matraqueando

Prepara os doces com muito amor, feitos somente com leite e açúcar, nada de conservantes, bem na tradição dos doces mineiros.... Mexendo com a colher de pau o famoso doce de leite no tacho de cobre sobre o fogo à lenha, ele fala sobre esta tradição da família que atravessa suas gerações enquanto nos serve com um sorriso simples de alguém que atravessou as fronteiras, fazendo muita gente esquecer a dieta ou deixá-la para depois, afinal estamos em Tiradentes. Conversar com Seu Chico é conhecer o que é educação, delicadeza, calma e simpatia. Naquela lojinha não se pode ter pressa ou impaciência. Tem que entrar no ritmo, ou seja, tranquilidade e muita calma. De quebra você ainda pode vê-lo preparando suas delícias.


 Dica: Visitando Tiradentes, não deixe de ir lá. E se puder, vá no período da manhã, porque você encontra maior variedade de doces e acabam rápido! E se for passar o fim de semana, a dica é encomendar  no sábado e pegar os doce no domingo, já embrulhados para viagem.


Fonte: artigos públicos e jornais

Assista ao vídeo e conheça o Seu Chico: https://www.youtube.com/watch?v=Q03yusn5qY0

Pimentão Assado com Filé e Queijo



Esta receita de pimentões é ótima para quem quer uma refeição rápida, e é ótimo para aproveitar sobras também. O bom dessa receita é que você pode adaptar ao seu gosto: carne moída, frango desfiado, bacalhau, etc. ica bom de qualquer jeito! Aqui está o que você vai precisar:

Ingredientes:
1/2 kg. de aparas de filé em fatias finas
8 fatias de mussarela ou provolone
2 pimentões grandes verde
1 cebola média, cortada
100 grs. de cogumelos fatiados
2 colheres de sopa de manteiga
1 colher de sopa de manteiga
1 colher de sopa de azeite
1 colher de sopa de alho picado
sal e pimenta a gosto

Preaqueça o forno em temperatura alta. Comece por lavar e cortar os pimentões ao meio no sentido do comprimento, retire as membranas e sementes e reserve.
Adicione a manteiga, azeite, alho, uma pitada de sal e pimenta, numa panela grande e leve ao fogo. Dê uma mexida e acrescente carne em tiras finas. Deixe cozinhar até corar. Quando estiver pronta, junte os cogumelos, cebola e dê mais uma mexida, para pegar gosto e apague o fogo.


Nesse meio tempo, coloque no interior de cada metade de pimentão uma fatia de queijo. Em seguida, preencha cada pimentão com a mistura de carne até a borda. Depois, cubra cada pimentão com outra fatia de queijo. Asse por 15-20 minutos, até que o queijo em cima fique dourado. Servir quente.
Receita adaptada. Original AQUI