segunda-feira, 2 de junho de 2014

Tipos de Sal e suas Combinações


Diversos tipos de sal ganham as mesas dos brasileiros. Os produtos vão desde o tradicional marinho, passam pelo light e chegam aos gourmet, que dão um toque especial à comida preparada. Veja quais são os tipos do tempero e aprenda a usá-los:

Light: o sal light foi criado para diminuir a quantidade de sódio consumido. No entanto, o sabor é um pouco amargo.

Flor de sal: esta é conhecida como uma das mais delicadas versões de sal. O ideal é acrescentá-lo após o preparo, quando o fogo já estiver desligado. É formado nas superfícies das salinas e, devido à ação do vento, adquire o aspecto de pequenos cristais.

Sal rosa: as reservas do sal rosa estão localizadas principalmente no Peru, no Vale Sagrado dos Incas, onde existia um oceano, há mais de dois mil anos. Seus grãos têm um elevado índice de umidade, com uma aparência grudenta, além de um sabor forte. É ideal para temperar peixes crus, frutos do mar e aves.


Sal defumado: a aparência cinza revela um gosto levemente adocicado e defumado. É bastante versátil e combina com pratos vegetarianos, carnes, aves e peixes.

Sal marinho
: O sal marinho é obtido pela evaporação da água do mar e seu conteúdo mineral lhe dá um sabor diferente do sal de mesa, que é obtido a partir de rochas.

Sal negro:  é obtido em reservas naturais da região central da Índia. O sabor não é nada comum e, para muitos, lembra o de gema de ovo. Sua textura é crocante e muito solúvel e, por isso, é ideal para ser adicionado aos molhos, saladas e massas.

Sal rosa do Himalaia: este sal vindo da Ásia é um pouco mais caro que os outros sais importados. O tom rosado se deve aos minerais presentes nele, como o ferro e o manganês. Carnes grelhadas, saladas com azeite e legumes na manteiga são boas opções para este sal.

Sal líquido
: este sal é obtido pela dissolução de sal marinho em água mineral. Tem sabor suave e pode ser adicionado a todos os alimentos, principalmente em saladas. Esta versão salga menos, mas tem menos sódio que os convencionais.

Sal do Havaí: nesta região o sal é rosado. Rico em ferro, preserva o sabor ferroso de forma suave. Vai bem com molhos, saladas, vegetais e grelhados de carne vermelha. 

Sal grosso:
os cristais grandes preservam as propriedades dos alimentos e evitam o ressecamento. É usado principalmente em carnes que vão à churrasqueira e naquelas assadas em uma espécie de invólucro.

Sal de aipo: o sal de aipo é basicamente o sal de mesa misturado com grãos de aipo secos e moídos. É utilizado para dar sabor em caldos e sopas.
Fonte:Você Sabia?