Google+ Followers

29/06/2012

Rabanada Colonial



Todo mundo pensa em rabanada só no natal. Mas, cá pra nós, também é uma boa opção no ano todo  para o lanche da tarde. Esta receita pede, originalmente, uma bisnaga de sal, daquelas bem grandes, tamanho família. A aparência da rabanada fica melhor, pois as fatias ficam largas. Como hoje em dia é mais difícil de encontrar em qualquer padaria, pode ser adaptada para:

3 a 4 pãezinhos de sal amanhecidos, cortados em fatias de ± 2 cm. cada (tire as pontas, sem elas ficará mais bonito)
½ xícara de chá de açúcar
½ lata de leite condensado
3 ovos
1 xícara de chá de leite
1/2 vidro de leite de coco (opcional)
Em uma vasilha, misturar o leite de vaca, o leite condensado e o leite de coco. Reserve.

Minha dica:
Fica muito gostoso também trocar o leite de coco por um pouquinho de canela e gotas de baunilha nessa mistura. E existe um pão especial para rabanada, que as padarias fabricam só na época do natal. É um pão maior, saboroso e com massa mais encorpada, absorvendo melhor a mistura líquida.


Em outra vasilha, bata os ovos. Passe as fatias de pão na mistura de leite, sem que fiquem muito úmidos. Passe depois no ovo batido, fritando-as em seguida no óleo quente, virando-as para ficarem bem douradas.


Depois de fritas, escorrer em papel e polvilhar com uma mistura de ½ xícara de açúcar com 2 colheres de sobremesa de canela em pó. Servir morno.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário: