Google+ Followers

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Ora-pro-nóbis: De onde vem esse nome?


    Foto: Veja

Ora-pro-nóbis é uma folha verde com sabor parecido ao almeirão ou mostarda, ou como uma couve manteiga levemente amarga. Utilizada muito em Minas Gerais, principalmente com frango. Servem com arroz, feijão, angu, alface com cebola e o prato de frango com temperos caseiros de alho e sal, e por fim a verdura “ora pro nobis”.
A origem do nome traduzida como rogai por nós refere-se a um padre que ao rezar ficava distraído e com isso as pessoas aproveitavam o momento para pegar a verdura em seu quintal. (Fonte: Chef Caleff)



Em Tiradentes contam esta história:
Na hora da ladainha do "orai por nós" ou "ora pro nobis" , como repetiam os fiéis na igreja, as mães pediam aos filhos para catarem as folhas da trepadeira que crescia atrás da igreja.
Considerada daninha como muitas outras ervas, a ora-pro-nóbis nascia por todos os cantos, sendo usada para matar a fome de escravos e pobres na época da mineração.
Tem propriedades diuréticas, laxantes e vermífugas.

Uma outra versão:
Existem 2 santos que protegiam as cozinheiras: São Benedito e Santa Zita. Ela nasceu na Itália e começou a trabalhar muito nova, criança ainda, em uma casa de um nobre. Ele a acusou de roubo. Revistando os bolsos de seu avental, só encontrou pétalas de rosas. Há uma imagem dela em uma igreja em BH,é a única imagem que está com um avental.  As escravas faziam uma roda em volta do fogão de lenha e rezavam para os santos para que rende-se e não queimar a comida. O ora-pro-nóbis era comida dos escravos, por ser muito rica em proteínas e quer dizer “orai por nós”.

Clique aqui e veja a receita de Costelinha com Ora-pro-nóbis

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário: